link para página principal link para página principal
Brasília, 18 de agosto de 2019 - 09:06
Notícias STF Imprimir
Quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Instituto Victor Nunes Leal vai promover o conhecimento jurídico no Brasil

O Instituto Victor Nunes Leal foi lançado oficialmente nesta quarta-feira, dia 30 de setembro, em solenidade realizada na biblioteca do Supremo Tribunal Federal “Ministro Victor Nunes Leal”. Criada para promover o conhecimento jurídico no Brasil, a entidade é inspirada na contribuição intelectual deixada pelo jurista Victor Nunes Leal, que foi ministro do STF de dezembro de 1960 a janeiro de 1969.

O presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, louvou a oportuna iniciativa do Instituto e falou sobre o caráter inabalável de Victor Nunes Leal. “Alçado a este Supremo Tribunal Federal, fez aqui história com votos percucientes, sempre em estilo claro, objetivo e elegante, havendo por inúmeras vezes se antecipado ao seu próprio tempo, a exemplo da contínua preocupação com a celeridade dos julgamentos, que acabou por resultar na formulação das Súmulas”, afirmou.

Para o presidente da Assembleia Geral do Instituto, Sepúlveda Pertence, que também foi ministro do STF, Victor Nunes Leal foi a revolução do Supremo Tribunal nos 1960, além de sua intensa atividade pessoal. “O Instituto é um modo de nós cultuarmos o amigo há tanto perdido, servindo às gerações que hão de vir, da forma desinteressada que o desenvolvimento do instituto nos sugerir”, disse.

Também estavam presentes ao lançamento vários ministros do STF e associados do Instituto, além da secretária geral, Lúcia Peluso. De acordo com seu estatuto social, o Instituto tem como valor primordial a busca permanente pela promoção da defesa da cidadania, da democracia e da dignidade da pessoa humana, princípios defendidos e praticados pelo patrono da entidade, Victor Nunes Leal.

JA/LF



<< Voltar
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.