link para página principal link para página principal
Brasília, 15 de dezembro de 2018 - 13:43
Notícias STF Imprimir
Quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Rádio Justiça recebe prêmio do Unicef como melhor do mundo em programação infanto-juvenil

A programação da Rádio Justiça, do Supremo Tribunal Federal (STF), foi considerada pelo Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) a melhor do mundo voltada para e feita por crianças. O prêmio do Dia Internacional da Criança na Mídia 2009 (em inglês, ICDB 2009 – International Chrildren´s Day Broadcasting) foi recebido pela coordenadora da emissora pública, Madeleine Lacsko, na noite desta terça-feira (10), em Nova Iorque (Veja o vídeo da premiação).

A Rádio Justiça concorreu com mais de 100 países dos cinco continentes. Em setembro, a emissora venceu o prêmio ICDB 2009, do Unicef, como melhor programação de rádio infanto-juvenil entre os concorrentes na América Latina e Caribe. O prêmio mundial foi anunciado em primeira mão na noite de ontem e recebeu menção do presidente do STF, ministro Gilmar Mendes, no início da sessão plenária desta quarta-feira (11).

Para Mendes, o prêmio “traz o reconhecimento internacional à qualidade que a Comunicação Social do STF vem oferecendo à população, que transmite noções de direito, justiça e cidadania aos que visitam o portal da Corte na Internet, assistem à TV Justiça e sintonizam a Rádio Justiça”. Ele também destacou que a Rádio Justiça disputou o prêmio mundial com outras cinco emissoras da África do Sul, Alemanha, Gana, Índia e Malásia.

Para o Unicef, a Rádio Justiça transmitiu a melhor programação do mundo entre as emissoras que participaram do Dia Internacional da Criança na Mídia, comemorado em 1º de março de 2009. Naquele domingo, toda a programação da emissora pública foi produzida por crianças e jovens de cinco a dezoito anos. Eles falaram sobre direitos humanos, cidadania, leis e justiça.

A Rádio Justiça – primeira emissora brasileira a ganhar o prêmio mundial do Unicef por trabalhos realizados junto ao público infanto-juvenil – foi a única entre as brasileiras a dedicar 24 horas de programação aos conteúdos produzidos e apresentados por crianças e adolescentes matriculados na rede pública de ensino, cadastrados em programas sociais do governo, voluntários em projetos sociais ou que cumprem medidas socioeducativas por terem infringido a lei.

A coordenadora da Rádio Justiça, Madeleine Lacsko, contou que a união de força de várias instituições que têm compromisso das crianças foi fundamental para o sucesso do projeto implementado pela emissora no dia 1º de março de 2009. Ainda segundo ela, “o júri achou muito interessante a capacidade que tivemos de falar de temas sérias de um jeito criativo”.

O Quênia ganhou na categoria de melhor programação de TV.

Clique aqui para assistir a vídeo de notícia sobre a premiação.

Assista ao vídeo produzido pela TV Unicef.

RR/EH

 



<< Voltar
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.