link para página principal link para página principal
Brasília, 3 de setembro de 2014 - 01:37
Notícias STF Imprimir
Segunda-feira, 07 de maio de 2012

Jurista apoia penas rigorosas para punir motoristas embriagados

Representando a Comunidade de Juristas de Língua Portuguesa (CJLP), Nelson Faria de Oliveira defendeu hoje (7) na audiência pública do Supremo Tribunal Federal (STF) que discute a Lei 11.705/2008, conhecida como Lei Seca, punições rigorosas aos motoristas que misturam álcool com direção. “Morrem no Brasil 50 mil pessoas por ano em acidentes de trânsito. É uma Guerra do Vietnã por ano”, assinalou.

Na sua avaliação, só quem perdeu uma pessoa próxima em um acidente de trânsito pode dizer o que representa essa perda. “Temos que dar um basta nisso. Precisamos criar uma consciência nova, como aconteceu com o cinto de segurança, que ninguém usava e hoje é raro quem não use”, ponderou. Oliveira citou os casos de Portugal, onde o motorista que se recusa a fazer o teste do bafômetro é detido por desobediência, e da Austrália, onde o veículo do condutor embriagado é confiscado, para mostrar que outros países têm legislação rigorosa sobre o assunto.

RP/EH

 



<< Voltar
Enviar esta notícia para um amigo
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.