link para página principal link para página principal
Brasília, 30 de julho de 2014 - 06:03
Notícias STF Imprimir
Segunda-feira, 07 de maio de 2012

Expositores falam de mobilidade urbana e da Operação Lei Seca no RJ

Entre as exposições da audiência pública sobre Lei Seca no Supremo Tribunal Federal, Uirá Felipe Lourenço, representando a ONG Rodas da Paz, dedicada à promoção do trânsito seguro, com atenção especial aos usuários de bicicleta, concentrou sua apresentação na questão da mobilidade urbana. Segundo ele, o contexto das cidades ainda é muito voltado aos automóveis, com o sucateamento dos transportes públicos, o que traz como consequências, por um lado, os congestionamentos nas grandes cidades, e por outro, o grande número de acidentes.

Lourenço também defendeu que os motoristas devem buscar meios de transporte como o táxi, a carona, e mencionou como exemplo a cidade de Belo Horizonte, que teria colocado em circulação ônibus em horários alternativos voltados àqueles que aproveitam a vida noturna. “É preciso também passar da cultura motorizada para a cultura da mobilidade saudável”, afirmou Lourenço.

Na sequência, o deputado federal Carlos Alberto (PMN-RJ), que já foi coordenador da Operação Lei Seca no Rio de Janeiro, destacou em sua apresentação números demonstrando o impacto da combinação bebida e trânsito – são 170 mortos por dia no país, e despesas equivalentes a R$ 40 bilhões ao ano –, e defendeu a constitucionalidade da lei, sublinhando em específico a questão da não culpabilidade e a importância da lei como elemento da promoção do direito à vida e promoção da segurança pública: “A lei não é contra a bebida, é a favor da vida”, afirmou o Carlos Alberto no início de sua apresentação.

Foi tema da apresentação também o funcionamento da Operação Lei Seca do Rio. Segundo o deputado, lá a coordenação da operação é diretamente subordinada ao governador, conta com nove equipes, totalizando 250 pessoas, reúne policiais selecionados “a dedo” e as ações utilizam técnicas de abordagem cidadã. Atuando na Baixada Fluminense e Região Metropolitana, a operação já abordou, até abril, 747 mil pessoas.

FT/EH



<< Voltar
Enviar esta notícia para um amigo
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.