link para página principal link para página principal
Brasília, 31 de outubro de 2014 - 04:02
Notícias STF Imprimir
Quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Suplente impetra MS para ser empossado como deputado federal

Chegou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um Mandado de Segurança (MS 31866), com pedido de liminar, impetrado pelo suplente de deputado federal por Alagoas, Wellington Rodrigues Fragoso, que pretende ser empossado na Câmara dos Deputados na vaga de Joaquim Beltrão (PMDB), eleito prefeito do Município de Coruripe (AL) no pleito de 2012.  

Fragoso concorreu nas eleições de 2010 pelo PMDB na Coligação “PDT/PT/PMDB/PR/PSDC/PRP/PCdoB”, obtendo 10.950  votos, o que lhe conferiu condição de primeiro suplente do PMDB. De acordo com os autos, com a renúncia do titular para assumir a prefeitura, o presidente da Câmara dos Deputados convocou o primeiro suplente da coligação e não o primeiro suplente do PMDB.

O autor do MS argumenta que deveria ter sido empossado, pois a figura da coligação tem sua existência restrita ao processo eleitoral, compreendido entre a fase das convenções e a realização das eleições. “Logo, encerrada a eleição, não existe mais a coligação, posto que satisfeitos os interesses dos partidos coligados, passando, a partir daí, a manterem e atuarem em sua individualidade”, afirma Fragoso.

O suplente entende que, nos casos de renúncia ao mandato, deve ser aplicado o mesmo princípio da Resolução 22.610/2007 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que define que o mandato pertence ao partido nos casos de infidelidade partidária. Sustenta, ainda, que as coligações têm qualidade de pessoa jurídica temporária, não podendo ser confundidas com apenas um determinado partido político, pois representa o interesse de todas as agremiações coligadas.

Segundo a ação, princípio contido no artigo 107 do Código Eleitoral, que estabelece a forma de apuração do quociente partidário, não pode ser aplicado a coligações ou se constituiria em afronta ao artigo 17 da Constituição Federal, que trata da criação de partidos políticos.

PR/AD

Processos relacionados
MS 31866


<< Voltar
Enviar esta notícia para um amigo
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.