link para página principal link para página principal
Brasília, 19 de dezembro de 2018 - 03:43
Notícias STF Imprimir
Quinta-feira, 08 de março de 2018

“Corrupção é inaceitável”, afirma a ministra Cármen Lúcia durante cerimônia de lançamento do Prêmio Innovare

A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, destacou nesta quinta-feira (8), durante a cerimônia de lançamento do 15º Prêmio Innovare no Superior Tribunal de Justiça (STJ), que a ética não é uma escolha pessoal, mas, sim, uma forma de viver solidária, "coerente com os valores do bem por todas as pessoas". Para a ministra a corrupção é algo "inaceitável", que deve ser combatido por todos.

"Corrupção é inaceitável, qualquer que seja sua forma. Não há justiça por corrupção, porque a corrupção é uma forma de prática de injustiça que nenhum cidadão aceita", afirmou a presidente do STF. “Qualquer pessoa se sente injuriada com a prática”, completou, lembrando que “corrupção é crime e como tal deve ser combatido nos termos da lei”.

Segundo a ministra, o Sistema de Justiça tem o dever de combater todas as práticas que levem à corrupção. Para ela, é dever de todos da geração de hoje passar às novas gerações “que nós lutamos para que tenhamos uma sociedade nos termos previstos no preâmbulo da Constituição: livre, justa e solidária”. “A democracia vive da confiança do cidadão nas suas instituições, e não se confia em instituições corruptas ou onde as pessoas pratiquem corrupções e não tenham instituições suficientemente fortes, vigorosas e comprometidas com o combate e a superação deste estado de coisas”, afirmou a presidente do STF, destacando a importância do Prêmio Innovare para promover novas práticas de combate à corrupção.

Mesmo com tema livre, a edição deste ano do Innovare traz o combate à corrupção como mote principal para a escolha dos trabalhos que serão premiados. Para a ministra Cármen Lúcia, o combate à corrupção deve ser o tema central no Brasil e no mundo.

Além da presidente do STF, participaram do evento os ministros do STF Dias Toffoli e Luís Roberto Barroso, a presidente do STJ, ministra Laurita Vaz, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia.

O Prêmio Innovare tem como objetivo identificar, divulgar e difundir práticas que contribuam para o aprimoramento da Justiça no Brasil. Participam das Comissão Julgadora do Innovare ministros do STF e do STJ, desembargadores, promotores, juízes, defensores, advogados e outros profissionais de destaque interessados em contribuir para o desenvolvimento do Judiciário.

JR/AD

Ouça a íntegra do discurso da ministra Cármen Lúcia.

Leia a íntegra do discurso.



<< Voltar
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.