link para página principal link para página principal
Brasília, 23 de junho de 2018 - 22:23
Notícias STF Imprimir
Domingo, 11 de março de 2018

Confira a programação da Rádio Justiça para esta segunda-feira (12)

Revista Justiça
No quadro Direito Civil, o procurador da República Edilson Vitorelli dá seguimento às explicações sobre a definição de agências reguladoras de acordo com o Código de Processo Civil. A advogada Marina Weinschenker fala sobre as mentiras em ações trabalhistas, comentando decisão que condenou a testemunha de uma ação judicial a pagar multa por ter mentido à Justiça em Caieiras (SP). No quadro Dicas do Autor, Theodoro Agostinho fala sobre o lançamento do seu livro "Advocacia Empresarial Previdenciária: Teoria e Prática sobre a (NÃO) Incidência de Contribuição Previdenciária". Para concluir, o jurista e professor Renato Marcão continua as aulas no Curso de Processo Penal com as explicações sobre a definição de procedimento de acordo com o Código de Processo Penal. Segunda-feira, às 13h

Defenda seus Direitos
O programa fala sobre casa própria e as mudanças no perfil do consumidor com o crescimento do consórcio em relação ao financiamento.
Segunda-feira, às 13h.

Justiça na Tarde
O Dia Escola é comemorado anualmente em 15 de março no Brasil. O programa aproveita a data para destacar diversos aspectos sobre educação, direitos e deveres dos alunos, pais, professores e das instituições de ensino. Especialistas no tema debatem o assunto. Segunda-feira, às 14h10.

Direito Direto
O Tribunal de Justiça de Santa Catarina considerou constitucional uma lei que permite a permanência de doulas em hospitais. As doulas são mulheres que dão suporte físico e emocional a outras mulheres antes, durante e após o parto. Na ação, o Sindicato dos Médicos do Estado argumentou que as doulas não possuem regulamentação profissional e são completamente alheias ao ambiente hospitalar. O programa conta com a participação de especialistas sobre o tema. Segunda-feira, às 17h.

Radionovela Justiça em Cena – “Sem sinal para a razão”
Luiz Carlos ficou desempregado e não tem dinheiro nem para colocar crédito no celular. Assim, aproveitou a internet sem fio de um shopping para mandar mensagens de áudio para a namorada, Dinorah. Só que Dinorah terminou tudo com ele, porque não aguentava mais um namorado sem crédito. E Luiz Carlos, com a ajuda do segurança, inventou que arranjou um trabalho e Dinorah acreditou. Mas ela disse que está indo para o shopping encontrar Luiz Carlos. E, para evitar essa tragédia, ele inventou outra: disse que o lugar foi invadido por assaltantes. Ouça a radionovela em diversos horários e versão compacta aos sábados e domingos, às 20h30.

Rádio Justiça
A Rádio Justiça é sintonizada em 104,7 FM no Distrito Federal e pode ser ouvida pelo site www.radiojustica.jus.br. Siga a Rádio Justiça pelo Twitter no endereço http://twitter.com/radiojustica.



<< Voltar
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.