link para página principal link para página principal
Brasília, 30 de outubro de 2020 - 10:37
Notícias STF Imprimir
Sexta-feira, 03 de maio de 2019

Confira os destaques da TV Justiça para o fim de semana

Sexta-feira, 3/5

20h30 - Iluminuras
O Iluminuras desta semana trata da literatura policial em conversa com o escritor gaúcho radicado em Brasília Lourenço Cazarré, autor de mais de 40 obras, entre elas o policial “A Misteriosa Morte de Miguela de Alcazar”, onde desvenda o crime com muito humor e sátira. Também é dele o romance policial dedicado ao público juvenil “Quem Matou o Mestre de Matemática”. E, como não existe crime perfeito, você também vai conhecer os ensinamentos técnicos e acadêmicos da perícia policial com Carlo Rogério Morais e Antonio Carlos Morais, autores do livro “O Perito e a Justiça”.
Reapresentações: 4 e 5/5, às 20h30; 6/5, às 18h; 7/5, às 22h; e 8/5, às 13h.

21h30h – Em Cartaz – O Pasquim - A Subversão do Humor
Em 1969, ano particularmente duro no regime militar, surgiu no Rio de Janeiro "O Pasquim", tabloide que, com irreverência, humor e anarquia, daria nova roupagem e linguagem ao jornalismo brasileiro, traria uma forma mais coloquial à publicidade e causaria forte abalo na hipocrisia nacional. O documentário revela, por meio dos principais personagens desta história, como o periódico invadiu o Brasil e enfrentou a censura e a cadeia com o riso aberto, como se fosse mais uma das farras da turma de Ipanema. Personagens como Jaguar, Ziraldo, Sérgio Cabral, Luiz Carlos Maciel, Marta Alencar, Miguel Paiva, Claudius, Sérgio Augusto, Reinaldo e Hubert lembram como se escreveu esta página da história brasileira, e Angeli, Chico Caruso, Washington Olivetto e Zélio contam como ela foi determinante para as páginas seguintes.

Sábado, 4/5

9h – Academia
Como as mulheres impactadas pela violência doméstica enxergam o processo de denúncia dos agressores ao acessarem os órgãos de Justiça? De acordo com o estudo em debate, elas se decepcionam com o acolhimento e com o papel desempenhado por alguns profissionais do Direito. “Anestésicos, desconhecidos e ausentes – representações sociais das mulheres em situação de violência doméstica no Distrito Federal”, dissertação do mestre em Direito Alberto Carvalho Amaral, será debatido pela doutora em Ciências Sociais Cristina Zackseski e pelo mestre em Direito Reinaldo Rossano.
Reapresentações: 5, 6 e 8/5, às 9h.

12h – Fórum
Hoje, não é preciso sair de casa para ser vítima. O bullying também está na internet, e muitos casos resultam em assassinatos ou até mesmo suicídio. O massacre numa escola de Realengo, no Rio de Janeiro, em 2011, pode ter sido provocado por constantes intimidações. Algumas vertentes já tocam no assunto ao analisar a tragédia recente na escola de Suzano, em São Paulo. Para saber como prevenir e combater essa prática, implantar a política de paz e respeito e debater o assunto, o Fórum desta semana recebe o advogado especialista em Direito do Trabalho e Direito Público, Fabrício Martins e o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos Particulares de Ensino do Distrito Federal, Álvaro Moreira Domingues Junior.

12h30 – Meio Ambiente por Inteiro
Em comemoração ao Dia Internacional da Biodiversidade, 22 de maio, o programa dessa semana viaja nesse universo que, a cada dia, sofre mais ameaças, e mostra a atuação de quem trabalha para evitar uma catástrofe ambiental.
Reapresentações: 5/5, às 11h; 6/5, às 12h; 7/5, às 13h30; 8/5, às 12h; 9/5, às 6h30; e 10/5, às 18h.

13h – STJ Notícias
O programa aborda a problemática que envolve o crime de importunação sexual, delito caracterizado pela realização de ato obsceno contra uma pessoa sem a aprovação dela. A Lei 13.718/2018 penaliza os responsáveis pela violência sexual com penas de até cinco anos de prisão. Um mês depois de a lei começar a valer, os ministros do STJ aplicaram a nova tipificação no julgamento de um homem acusado de apalpar publicamente o corpo de uma mulher. Como forma de enfrentamento, o governo passou a disponibilizar vagões do metrô e ônibus exclusivos para as mulheres, uma vez que os abusos ocorrem principalmente no transporte público.
Reapresentação: 5/5, às 13h

18h30 – Repórter Justiça
Metade da população entre 35 e 45 anos já perdeu pelo menos 12 dentes. O programa desta semana faz um raio-x da boca dos brasileiros. Apesar de o país ser o terceiro mercado dental do mundo, pelo menos 11% dos habitantes nunca foram ao dentista, e a principal justificativa é o orçamento apertado. Vamos mostrar a legislação que regulamenta o acesso à saúde bucal e o trabalho de dentistas em unidades de terapia intensiva, responsáveis por combater as infecções que começam pela boca.
Reapresentações: 5/5, às 18h30; 6/5, às 20h30; e 7/5, às 21h.

20h – Direito Sem Fronteiras
O combate ao terrorismo fez o mundo colocar muçulmanos, seguidores do islamismo, religião baseada no Alcorão, e grupos radicais extremistas do mesmo lado. Só que não é bem assim. Existe uma diferença entre a Jihad, que é a conquista da fé perfeit, e o jihadismo, que usa a luta violenta para restaurar a lei de Deus na terra. Para explicar a diferença, o programa convidou Danilo Porfírio, pesquisador do Estado Islâmico, e Joanisval Gonçalves, advogado e doutor em Relações Internacionais.
Reapresentação: 5/5, às 20h.

Domingo, 5/5

21h – Reflexões
O que pode levar à suspensão da venda de um plano de saúde? Cerca de 47 milhões de brasileiros usam este tipo de serviço privado, e o que não falta é reclamação. A regulamentação dos planos e seguros de saúde fica a cargo da ANS – Agência Nacional de Saúde Suplementar, e o Código de Defesa do Consumidor estabelece as diretrizes a serem cumpridas para proteger o usuário de eventuais abusos. Para debater o tema, o programa recebe Fabrício Bolzan, advogado especialista em Direito do Consumidor, e José Luiz Toro da Silva, consultor jurídico da Unidas.

21h30 – Refrão
O bandolim foi paixão à primeira vista para o músico brasiliense Victor Angeleas. A inspiração veio dos grandes mestres como Reco do Bandolim e Hamilton de Holanda. Victor é um dos grandes virtuoses da cena musical do choro e já tocou nos Estados Unidos e na Alemanha, foi premiado por suas performances instrumentais e por seu álbum de estreia pelo Independent Music Awards, em Nova Iorque. Um dos seus projetos é um programa ao vivo nas redes sociais para trocar experiências com novos talentos. Angeleas também é solista do grupo Gypsy Jazz Club e coordenador artístico da Escola de Música de Brasília.
Reapresentações: 7/5, às 13h30; 8/5, às 21h30; 10/5, às 22h; 11/5, às 13h30; e 12/5, às 21h30

Fonte: TV Justiça

 

 



<< Voltar
 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador n&atilde;o suporta frames.