link para página principal link para página principal
Brasília, 20 de janeiro de 2020 - 12:49
Linha do Tempo Imprimir

 

       

1971

 

 
  • Segundo relatório técnico da Novacap, as instalações físicas da Biblioteca (3º andar do Edifício Sede) não têm mais condições para abrigar as novas obras compradas ou doadas para o acervo, porque atingiu o limite de carga das lajes. Para solucionar esse problema, parte do acervo foi removido (os livros menos usados foram transferidos para uma área de 320m² localizada no subsolo);
  • Doação, pelas famílias, de parte da coleção da biblioteca do Ministro Ribeiro da Costa e do Ministro Barros Barreto;
  • Doação, pela família, de cerca de 5.000 volumes de obras jurídicas da biblioteca de Levi Carneiro. Devido a essa doação, foi aprovada pelos Ministros a criação de uma sala com o nome de Levi Carneiro, e foi encomendado um retrato a óleo desse jurista, que seria colocado no ambiente.
 
       
       
 1973  
  •  Com o advento do Ato Regimental nº 1, de 26 de outubro de 1973, a Biblioteca subordina-se ao Serviço de Documentação e Informação:

“Art. 2º - Ao Departamento Judiciário incumbe praticar os atos cartorários relativos aos processos de competência do Tribunal, secretaria e taquigrafar as sessões do Tribunal e das Turmas, registrar e anotar de forma sistemática a jurisprudência do Tribunal, promover a publicação da Revista Trimestral de Jurisprudência, e manter atualizadas e organizadas a Biblioteca e a documentação do Tribunal.”

 
       
       
 1974  
  • A criação do Departamento Administrativo facilitou a realização de concurso para bibliotecário. Dentre os candidatos aprovados, foram nomeados 3 bibliotecários;
  • O Professor Oscar Niemeyer apresentou, no início do ano, estudos preliminares para a reforma do Edifício Sede do Supremo Tribunal, nela compreendendo-se o hall de entrada, a sala das sessões plenárias, o salão nobre, o Gabinete da Presidência e, no último pavimento, a Biblioteca. Examinados pelo Tribunal Pleno tais estudos, o anteprojeto ficou na dependência de novas conversações com o professor Niemeyer.
 
       
       
1975    
       
       

1977


 
  • Publicado o Ato Regimental nº 6, que dispõe sobre a estrutura da Secretaria do Supremo Tribunal Federal e a competência dos órgãos que a integram. Estrutura da Biblioteca: Serviço de Documentação e Informática – SDI; Seção de Classificação e Catalogação - SCC; Seção de Atendimento e Informações - SAI; Setor de Arquivo - SeAq. (Fonte: Diário da Justiça, 11 de novembro de 1977, p. 8015-8017);
     
  • Após a conclusão das obras do Edifício Sede, a Biblioteca foi transferida para o 3º andar, mas foi mantido parte do acervo no Edifício Anexo.  Isso foi feito para atender de imediato às Turmas e aos Gabinetes dos Ministros. Levantamento sobre o quantitativo do acervo apresenta a existência de 75.683 volumes;
     
  • Foram adquiridas estantes padronizadas que permitiram a colocação adequada de todos os livros, e foram previstos, para 1978, os trabalhos de classificação e catalogação. Procurou-se suprir a carência de pessoal especializado mediante a celebração de convênio com outras entidades públicas ou com contratação de estagiários. Foi elaborado projeto destinado a abrigar a Biblioteca e o Arquivo, possibilitando maior conforto aos consulentes e funcionários e segurança mais efetiva ao acervo. Durante o ano, foram feitas 755 aquisições e 13.363 doações de obras e periódicos.
 
       

 

 
  Gestor: SEÇÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS Última atualização: 03/02/2016 13:50:48
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | Canais RSS do STF