link para página principal link para página principal
Brasília, 12 de agosto de 2020 - 03:30
Linha do Tempo Imprimir

 

       

1978

 
  • A prestação dos serviços da Biblioteca melhorou bastante com a ocupação racional dos espaços disponíveis no Edifício Sede e no térreo do Anexo I. Entretanto, foi planejada a construção de mais um anexo para abrigar todo o acervo da Biblioteca;
  • Por meio de Convênio com o PRODASEN, foi instalado um terminal na Biblioteca e realizado o treinamento de duas servidoras para sua operação. O terminal possibilita resposta imediata a qualquer consulta sobre a legislação federal desde 1946.
 
       
       
 1979  
  • O acervo da Biblioteca, que até então era organizado no sistema topográfico simplificado, passou a utilizar a classificação no sistema Decimal de Dewey, com adaptação para o Direito feita por Dóris Carvalho, e catalogação segundo as normas simplificadas de Cordélia R. Cavalcanti, o que melhorou a estrutura, organização e localização dos livros.
 
       
       
1980

 
  • A Biblioteca incorpora 8.000 obras pertencentes ao  Ministro Hahnemann Guimarães e adquire os acervos particulares de Pontes de Miranda e Haroldo Valladão.
  • As dependências da Biblioteca do Supremo Tribunal Federal não tinham condições de abrigar o acervo, em virtude da exiguidade do espaço e da própria fragilidade da estrutura, o que recomendava o depósito provisório em outros aposentos; 
  • Entregue, em 25/11/1980, pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a maquete, acompanhada da descrição, do projeto para construção do Anexo II;
  • Publicação da Portaria nº 125, de 3 de dezembro de 1980, assinada pelo Ministro-Presidente Antonio Neder, que dispunha sobre as instruções de funcionamento da Biblioteca do Supremo Tribunal Federal.
 
       
       

1982

 
  • Com a conclusão das obras do grande salão, localizado no subsolo do Edifício Sede, foi possível a unificação de todo o acervo da Biblioteca, que estava dividido em várias salas dos dois prédios: Sede e Anexo I;
  • Por determinação do Ministro Presidente da Comissão de Documentação, Ministro Moreira Alves, foram abertos os caixotes que continham a doação feita ao STF pela família do Ministro Hahnemann Guimarães. O Ministro Moreira Alves trabalhou arduamente na seleção e separação do referido acervo, constituído por inúmeras obras em alemão;
  • Tendo em vista o vertiginoso crescimento do número de obras do acervo, havia necessidade de construção de um anexo em futuro próximo; 
  • Com a unificação do acervo da Biblioteca foi possível prestar melhores serviços à Corte.
 
       
       

1985

 
 

 

  • Início, em 8 de maio de 1985, da organização da biblioteca de apoio do Supremo Tribunal Federal, denominada Biblioteca dos Ministros, localizada na SQS 113, conforme guia distribuído aos Ministros.
 
       
       
 1987  
  • Instalação de computadores com terminais para consulta, além de impressora. Automação dos processos de alimentação e recuperação de informações no âmbito da Biblioteca.

 

 
       
       
1989  
  • O Ato Regulamentar nº 18, de 12.6.1989, alterou a denominação do Departamento para Documentação, Jurisprudência e Divulgação, mantendo a nomenclatura Serviço de Documentação (artigo 4º, parágrafo único).
    Fonte: RELATÓRIO DO STF 1989. Brasília, 1989. p. 294-296.
 
       
       

 1998

 
  • A partir do Ato Regulamentar nº 30, de 18.4.1998, a estrutura passou a ser de Coordenadoria de Biblioteca, vinculada à Secretaria de Documentação, abrangendo as seguintes seções: Seção de Seleção e Intercâmbio, Seção de Processamento Bibliográfico, Seção de Periódicos, Seção de Referência, Empréstimo e Circulação e Seção de Bibliografia e Pesquisa Jurídica, o que foi mantido pelo Ato Regulamentar nº 32, de 7.3.2001;
     
  •  Mudança da Biblioteca para o Anexo II – 1º andar. Nesse local, a unidade passou a ocupar uma área com cerca de 1537 m².
 
       
       
1999
 
 
 

 

  • Incorporada, ao acervo da Biblioteca, a obra de Cícero, Orationi, datada de 1556 (Sys 104886). É considerada a obra mais antiga da Coleção de Obras Raras da Biblioteca do STF. 
 
       

 

 
  Gestor: SEÇÃO DE CONTEÚDOS DIGITAIS Última atualização: 22/08/2016 16:42:07
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | Canais RSS do STF