link para página principal link para página principal
Brasília, 19 de agosto de 2017 - 00:33
Exposições Imprimir

Waldomiro de Deus – ou das estrelas, nas palavras do músico Geraldo Vandré – tornou-se pintor famoso por retratar o cotidiano brasileiro em traços simples e cores marcantes. Nascido em 1944, na cidade baiana de Itagibá, Waldomiro ganharia o mundo como o maior representante da arte naïf brasileira.

Ainda garoto, um pau de arara o levou em direção à sua primeira parada: São Paulo. Na cidade grande, engraxava sapatos e rabiscava panfletos de rua. Em uma dessas, despertou a admiração de um italiano, que lhe deu emprego, abrigo, tintas e telas. Sua exposição inaugural foi ao ar livre, nas ruas do Viaduto do Chá. A partir daí, não parou mais.

As primeiras peças, em cartolina, foram logo arrematadas, e o dinheiro da compra serviu como combustível para produzir outras obras de arte. Com a ajuda do mecenas Terry Della Stuffa, Waldomiro atravessou o Oceano Atlântico e levou as cores do Brasil à Europa. Em Paris, já artista renomado, recebeu até mesmo um onírico beijo do mestre surrealista Salvador Dalí.

A arte de Waldomiro de Deus, que chega ao Supremo Tribunal Federal, simplesmente não se prende a rótulos. Imprime todos os sentimentos, representando a religiosidade, a política e a cidadania do Brasil em matizes próprios, primitivistas. O folclore brasileiro também é tema de sua predileção.

Reconhecido internacionalmente como grande talento, tendo recebido vários prêmios ao longo de sua carreira, o artista agora nos brinda com esta exposição, que traz um apanhado de mais de meio século de sua frutífera e gloriosa trajetória no mundo das artes.

Abertura: 13 de junho de 2017, às 13h
Visitação: de 13 de junho a 31 de agosto de 2017, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h
Local: Hall Ministro Menezes Direito, no edifício-sede do Supremo Tribunal Federal

Acesse o catálogo da exposição.

 
  Gestor: SECRETARIA DE DOCUMENTAÇÃO Última atualização: 12/06/2017 16:14:07
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | Canais RSS do STF