link para página principal link para página principal
Brasília, 14 de dezembro de 2018 - 10:24
Ministros Imprimir

Outros ministros

Imagem em processo de busca
Clique aqui

Antonio Ignacio de Azevedo

           ANTONIO IGNACIO DE AZEVEDO, filho de José Monteiro de Azevedo, nasceu na capitania da Bahia.

           Matriculou-se, em 1819, na Faculdade de Leis da Universidade de Coimbra, onde se formou em 1º de junho de 1824.

           Regressando ao Brasil, foi nomeado Juiz de Fora da vila de Penedo, em decreto de 19 de outubro também de 1824, e Provedor da Fazenda dos Defuntos e Ausentes, Resíduos e Capelas, em alvará de 7 de maio de 1825.

           Passou para a comarca do Ceará, sendo nomeado Ouvidor, em decreto de 12 de outubro de 1826. Exerceu esse cargo até ser nomeado Desembargador da Relação do Maranhão, em decreto de 19 de setembro de 1828.

           O Governo imperial aproveitou seus serviços na Chefatura de Polícia de Pernambuco, em decreto de 28 de janeiro de 1842. Havendo sido exonerado desse cargo, em decreto de 5 de agosto de 1843, foi mandado ter exercício na Relação de Pernambuco pelo mesmo decreto, tomando posse em 5 de setembro seguinte.

           Nomeado Presidente da referida Relação, tomou posse em 9 de janeiro de 1844 e por quatro vezes foi reconduzido, respectivamente, em 11 de janeiro de 1847, 7 de março de 1850, 1853 e 10 de janeiro de 1856.

           Em decreto de 2 de outubro de 1857, foi nomeado Ministro do Supremo Tribunal de Justiça, na vaga ocorrida com o falecimento de Manoel Pinto Ribeiro Pereira de Sampaio; tomou posse a 12 de dezembro do mesmo ano representado, mediante procuração, pelo Ministro Joaquim Marcelino de Brito.

           Foi aposentado por decreto de 26 de fevereiro de 1866.

           Em carta imperial de 27 de julho de 1846, foi nomeado Presidente da província da Bahia, tomando posse a 27 de agosto seguinte.

           Foi agraciado com o título do Conselho, em carta de 12 de dezembro de 1843, e a comenda da Ordem de Cristo, em decreto de 15 de setembro de 1846.

           Foi casado com D. Maria José de Leão Azevedo, que faleceu em março de 1888, em Camamu, com a idade de 78 anos.

           Faleceu na província de Pernambuco, em 7 de julho de 1873, e sepultado no Cemitério Público do Recife.
 

 

 
Praça dos Três Poderes - Brasília - DF - CEP 70175-900 Telefone: 55.61.3217.3000 | Telefones Úteis | STF Push | Canais RSS
Seu navegador não suporta frames.